Review | Os Incríveis 2 (2018)

, ,

Após uma longa espera de 14 anos, finalmente uma das continuações mais aguardadas chegou aos cinemas, Os Incríveis 2 compensa toda e qualquer ansiedade que, mais uma vez, depositamos na Disney! Pra início de conversa já parece quase que clichê babar pelas produções da Pixar, tenho uma leve impressão que o Oscar de Melhor Animação continuará nas mãos destes por muito tempo, se puder dar meu palpite acho que a família incrível já garantiu seu prêmio. 

O curta-metragem que abre os trabalhos é, mais uma vez, bárbaro em efeitos técnicos e de um roteiro lindo, me impressiono sempre com cada detalhe dos desenhos Pixar, no cuidado em reproduzir mínimos detalhes e no roteiro tão bem construído, e veja que ainda estou falando apenas do curta. Os Incríveis 2 supera com louvor seu antecessor de 2004, tarefa mais que louvada, uma vez que este foi, e continua sendo, uma das produções mais aclamadas da produtora. 

O filme começa exatamente de onde o primeiro parou, se para nós quase 15 anos se passaram, para eles foram alguns minutos! Mas desta vez a história toma alguns rumos novos, a família enfrenta uma crise financeira e ideológica com toda a questão da identidade de heróis que são obrigados a esconder, e surge uma oportunidade excelente de emprego para a Mulher Elástica, ficando para o Sr. Incrível a subestimada, diga-se de passagem, tarefa de cuidar da casa e dos filhos, tarefa que, como se já não fosse difícil o suficiente, se complica ao Zezé, o caçulinha, começar a descobrir e desenvolver os seus poderes, e aqui falamos do protagonista do filme, o bebê rouba a cena e se torna de longe a estrela do filme, e particularmente meu personagem favorito. 

Se fosse possível dizer algo que o primeiro filme pecou e que esse conserta, é no tempo de tela das crianças, a Sra. e Sr. Incrível são excelentes, o drama central envolvente, mas Zezé, Violeta e Flecha são os grandes trunfos da franquia e aqui ganham mais ainda o realce que merecem! Temos ainda outros personagens queridos de volta, como Edna, a designer geniosa que desenvolve os trajes de heróis, o Gelado e até o Toninho Rodrigues, o crush de Violeta. Senti falta apenas de, uma vez por todas, mostrarem a esposa do Gelado, que continua apenas aparecendo apenas por sua voz! Além dos tradicionais excelentes dubladores, temos aqui o querido jornalista Evaristo Costa - aquele mesmo ex-âncora do Jornal Hoje - dublando Chad Costa, também jornalista. Como já havia dito no início, efeitos visuais/técnicos bárbaros, dignos de uma família Incrível, eu certamente ainda vou voltar algumas pra rever, porque certamente: arrasou demais! 

Os Incríveis 2 encontra-se em cartaz em todo o Brasil!
Review | Os Incríveis 2 (2018) Review | Os Incríveis 2 (2018) Reviewed by Bhárbara Andrade on junho 30, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário:

Veja também

Tecnologia do Blogger.