Música | A diversidade representada em Brasileiro, de Silva

, ,

O álbum do cantor Silva foi lançado na sexta-feira (25/05) e com traços genuinamente brasileiros, sucede com estilo o aclamado pela crítica Silva Canta Marisa. Em Brasileiro, Silva parece querer dar um novo rumo em sua carreira como cantor e intérprete. Deixando de lado as canções de cunho introspectivo de seus trabalhos anteriores, a mistura de ritmos e crítica social caem como luva num projeto novo e que não poderia ter outro título melhor.

A exemplo da forte Nada Será Mais Como Era Antes, versos bradam como verdadeiro hino nacional, trazendo à tona o espírito acolhedor tipicamente brasileiro e com intertextualidade de outros famosos como Canção do Exílio de Gonçalves Dias.
É melhor me abraçar que dar tiro 
Minha terra é da paz 
Ninguém pode arrancar esse bem 
- Nada Será Mais Como Era Antes
E é neste ímpeto de coragem que Silva nos conta sobre a sua homossexualidade e a traz para junto de seu trabalho. Em A Cor é Rosa lead single do álbum, o eu lírico diz que é rosa e que colore o dia ao pensar em seu amor. Junto da letra, a canção também traz ritmos e sons que além de despertar a tolerância, liberam a diversidade, características marcantes em quem se considera um típico brasileiro.

Com claras influências da bossa nova, do rock nacional e do pop atual, Silva une o útil ao agradável ao invocar quem já se foi, com quem agora lidera as paradas de sucesso. Sua linda parceria com Anitta em Fica Tudo Bem e a pequena influência de Cazuza em Caju - apelido pelo qual ele era chamado - ganham destaque neste álbum.
Morri de amor vivi de vício 
Em água de peixe sou anzol
- Caju
Com crítica sociais e mostrando o cenário atual brasileiro, Milhões de Vozes reúne a letra de fibra com a melodia suave, numa promessa de que essas milhões de vozes agitadas por burburinhos midiáticos se apaziguem com o tempo. 

Desta maneira, Brasileiro é um álbum tão rico e inovador quanto a própria biodiversidade brasileira. Mostra o valor brasileiro em seus sons e ritmos suaves, misturando tensões e instabilidades políticas em suas letras, sempre com uma mensagem a ser passada. Além do mais, é um álbum que conclama quem é brasileiro de verdade, respeitador das diferenças (sociais, sexuais, étnicas, raciais), preocupado em acolher o outro, com o ímpeto de melhorar sem esquecer sua essência.

Silva mais uma vez nos brinda com sua voz melíflua e seu talento inimaginável. O álbum completo está disponível no Spotify, é só clicar aqui.
Música | A diversidade representada em Brasileiro, de Silva Música | A diversidade representada em Brasileiro, de Silva Reviewed by Bhárbara Andrade on maio 31, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário:

Veja também

Tecnologia do Blogger.