Seriados | The Fosters (2013)


Um casal de lésbicas, Stef, uma policial branca e Lena, uma vice-diretora negra, vivem em San Diego no estado da Califórnia. As duas são casadas e vivem com seus 5 filhos, 4 deles adotados, sendo 2 gêmeos latinos e outro casal, Callie, uma das protagonistas, e Jude seu irmão mais novo e gay. The Fosters estreou na tv americana em 3 de junho 2013 pela ABC Family - agora Freeform -, discutindo homofobia, racismo, xenofobia, transfobia, bullying, conflitos familiares e talvez seja a série que a família tradicional conservadora não gostaria de ver! 

A produção, nomeada por The Fosters - Família Adotiva no Brasil, seria como uma espécie de novela, uma ficção com conflitos reais que permeiam a nossa sociedade e estão a nossa volta. Mesmo falhando em alguns pequenos pontos, como na monotonia de algumas cenas que tornam alguns episódios bem arrastados, os criadores Peter Paige (O Rei Tut) e Bradley Bredeweg vêm prestando um verdadeiro serviço social em representar diferentes minorias e causas sociais colocando como pinos centrais de uma produção que trata de algo tão comum mas ao mesmo tempo com definições tão diversas: a família. 
O título da série, além de ser o sobrenome da família protagonista, resume o tema central da trama que é o sistema de adoção, pouco conhecido por grande parte da população não só estadunidense, como a brasileira, visto com tanto preconceito por alguns e cheia de tabus. 


The Fosters é cheia de tantas subtramas que escrever uma sinopse da série seria uma perda de tempo, mas com certeza está aqui pra desmistificar tabus, preconceitos e incomodar os conservadores que, em pleno século 21, ainda têm dificuldades em aceitar que família é um conceito tão abrangente e os padrões que a foram impostos muito tempo atrás por uma minoria privilegiada, já não cabem mais no nosso dicionário.


The Fosters é exibido no brasil pelo canal Sony e possui 4 temporadas na Netflix!


Nenhum comentário:

Postar um comentário