Netflix | A Babá (2017)


Mais um lançamento Netflix nesse mês de Outubro. Dirigido por Joseph McGinty Nichol (As Panteras (2000)), A Babá estreou na sexta-feira 13 e a data não poderia ser melhor! Quando Cole (Judah Lewis) fica sozinho com sua babá Bee (Samara Weaving), o garoto resolve ficar acordado para saber o que a mulher de seus sonhos faz quando ele vai dormir mas é surpreendido ao descobrir que ela faz parte de uma seita e que a próxima vítima é ele. Existe uma leva de filmes divertidos mesclados com o terror feitos atualmente, o também lançamento A Morte Te Dá Parabéns (2017) é uma prova disso. Na procura de nomenclaturas, a escolhida tem sido o terrir, uma mistura óbvia de terror com o verbo rir. Antes de tudo esses filmes não querem se tornar clássicos ou serem percursores de algo, eles querem apenas divertir o expectador e pedem, do começo ao fim, para não serem levados a sério.  

O filme é nonsense total, divertido e gore. Um original Netflix com o roteiro muito direto e sem desenvolvimento de personagens, o que facilita ao tentar criar um tipo de relação com o expectador. Quanto menos sabemos, menos nos importamos com o personagem, certo? Partindo de um terror muito visual, as cenas de gore faz com que o clima divertido seja mantido mesmo quando tudo parecia estar muito perdido na história. As piadas ruins e até infantis combinam com todo o roteiro e transformam o longa em uma sessão da tarde divertidíssima. É o típico filme para se assistir de forma despretensiosa.  

O humor referencial de A Babá é interessantíssimo. Há uma cena muito bem feita onde Bee e Cole montam sua própria tripulação criando referências à Alien (1979) e Star Trek (2009) além de referências diretas à Senhor dos Anéis (2001), Carrie, A estranha (1976) e referências contínuas no personagem principal com o filme Esqueceram de Mim (1990). Mesmo sendo uma produção da HBO, Mad Men (2007) não fugiu de ser referenciado e a cena tem até um pequeno spoiler sobre a série. O elenco, focado principalmente em Samara e Judah, entregam personagens carismáticos e muito bem feitos. A babá Bee é a típica mulher dos sonhos do garoto adolescente por entender os momentos ruins dele e levantar sua autoestima aliando uma confiança que ele não encontra em mais ninguém. 

Pronto para divertir, A Babá é um terrir suave e divertido. Cumpre o que promete com um roteiro pontual e nos entrega uma história gostosa de assistir. Ideal para quem gosta de reunir a galera para ver algum filme. 

 Nota:  3,5 | 5,0


Um comentário:

  1. Eu tinha visto na Netflix mas não me interessei por assistir. Bom, infelizmente continuo sem vontade. Mas quem sabe um dia não é? Gostei de ver sua opinião. Obrigada por dar ela.

    Beijos.

    ResponderExcluir