Emmy 2017: celebrando/esquecendo as melhores narrativas da TV

Cerca de 450 produções foram ao ar em 2016. Entre séries, minisséries e outros formatos, narrativas variadas chegaram às telas de TVs, computadores e dispositivos móveis. Isto porque os serviços de streaming, mais do que nunca, consolidam seu statement como celeiros de produção e distribuição audiovisual. Se a Netflix não nos deixava a mentir nessa afirmação, Amazon e Hulu reforçam o argumento.

Nunca se produziu tanto. E numa medida que se multiplica, nunca se consumiu tanto conteúdo televisivo (ainda podemos chamar de apenas TV?). Com um simples rolar das timelines é possível perceber que séries são produtos próximos do cotidiano moderno,  mais relacionáveis e partes importantes da narrativa do dia a dia.

O resultado é uma enxurrada de histórias para ver, recomendar, discutir e… premiar! O Emmy 2017 que irá ao ar em 17 de setembro com as honras de Stephen Colbert já abriu seu leque de apreciações numa tentativa de abarcar as produções que foram ao ar de julho de 2016 a maio de 2017. Tarefa nada fácil para a Academia de Artes e Ciências Televisivas dos EUA.

Com tanto para se ver, é muito comum que boas produções deixem de constar nas categorias mais aclamadas gerando furor de fandoms inteiros. Verdade seja dita, o Emmy não é uma premiação tipicamente antenada. Sua característica marcante é celebrar “aquilo que você deveria ter visto” e não “aquilo que você deve ver”, alcunha que fica a cargo do Globo de Ouro (que vai ter sua vez ainda).

Não é possível lembrar e celebrar tudo. Logo, a outra moeda é supostamente esquecer, ou melhor, deixar de evidenciar. Será que o prêmio fez jus à fama de recomendar o que deveria ter sido visto? Vamos tomar um chá com a Tia do Emmy e passear pelas categorias mais aguardadas para ver o que se celebra/esquece das melhores narrativas da TV.

Melhor série dramática 

The Handmaid’s Tale (Hulu). Que tiro!


INDICADOS:
  • Better Call Saul
  • The Crown
  • The Handmaid's Tale
  • House of Cards
  • Stranger Things
  • This is Us
  • Westworld

O maior prêmio da noite é sempre o centro das apostas. Ponto para a Netflix por emplacar Better Call Saul (com sua parceira AMC), The Crown, Stranger Things e House of Cards. Seguidos do Hulu com sua impecável The Handmaid’s Tale, HBO com Westworld (já que Game of Thrones não ficou elegível dentro do prazo) e a NBC (oi sumida rs) com This is us.

Westworld tem um brilho inegável com uma trama sci-fi subversiva e filosoficamente ácida, tendo potencial real para levar a estatueta. The Crown já reconhecida pelo Globo de Ouro é uma com possibilidades de faturar. House of Cards, já consagrada, é uma queridinha, mas não deve levar, já que não está em seu auge (embora ainda muito afiada).

As surpresas ficam por conta de Stranger Things (really?), envolvente, nostálgica, cativante e todo aquele combo de referências oitentistas que a gente ama degustar. A novata This is us que se tornou queridinha está também no páreo. O maior destaque contudo é para a estreante The Handmaid’s Tale. A melhor carta do Hulu. Uma adaptação voraz do livro de mesmo nome de Margareth Atwood e que traz uma distopia crua e mais real do que a própria realidade não ficcional (!!!). 

Quem vai ganhar provavelmente: Westworld
Quem deveria ganhar: The Handmaid’s Tale

Melhor atriz em série dramática 

INDICADOS:
  • Viola Davis - How to Get Away with Murder
  • Claire Foy - The Crown
  • Elisabeth Moss - The Handmaid's Tale
  • Keri Russell - The Americans
  • Evan Rachel Wood - Westworld
  • Robin Wright - House of Cards

Páreo duríssimo. Keri Russell na subestimada The Americans é sempre uma favorita. Ela concorre com as veteranas Viola majestosa Davis e Robin Wright (o que é essa mulher como a General Antíope em Mulher Maravilha?!). A vencedora do Globo de Ouro Clarie Foy e Evan Rachel Wood deve ser as atrizes por trás dos discursos de agradecimento da categoria.

Viola e Robin continuam entregando papéis formidáveis, entretanto, como já foram honradas pela Tia do Emmy e continuam a figurar nas indicações, é pouco provável que vençam. O destaque, contudo, é da protagonista de The Handmaid’s Talei, Elisabeth Moss (já querida por Mad Men e Top of the lake).

Elisabeth Moss em The Handmaid’s Tale


A atuação de Moss inova com silêncios, expressões, olhares e posturas de enrijecimento corporal, sem contar falas e ênfases. É possível sentir e se incomodar com as emoções da personagem em um exercício de empatia só possível por uma performance de atuação muito digna.

Quem vai ganhar provavelmente: Claire Foy (The Crown) ou Evan Rachel Wood (Westworld)
Quem deveria ganhar: Elisabeth Moss (The Handmaid’s Tale)

Melhor ator em série dramática 

Anthony fucking Hopkins em Westworld


INDICADOS:
  • Sterling K. Brown - This is Us
  • Claire Foy - The Crown
  • Elisabeth Moss - The Handmaid's Tale
  • Keri Russell - The Americans
  • Evan Rachel Wood - Westworld
  • Robin Wright - House of Cards

Difícil previsão aqui. É provável que o Emmy não inove e conceda o prêmio a Bob Odenkirk (merecido, inclusive) ou a Anthony Hopkins (ele já decepcionou?). Se inovar, a Tia do Emmy pode conceder a honra aos indicados por This is us, Sterling K. Brown e Milo Ventimiglia (sdds Jess). Por outro lado, Matthew Rhys merece a honraria. Kevin Spacey ainda brilha, mas não deve levar. E Liev Schreiber, muito bom, numa série que falta lógica para explicar os motivos de ainda estar no ar.

Quem vai ganhar provavelmente: Bob Odenkirk (Better Call Saul) 
Quem deveria ganhar: Anthony Hopkins (Westworld)

Os indicados a atriz e ator coadjuvantes costumam dar o tom para carreiras em ascensão ou consolidação. A Tia do Emmy fez boas escolhas.

Melhor atriz coadjuvante em série dramática 

INDICADOS:
  • Uzo Aduba - Orange is the New Black
  • Millie Bobby Brown - Stranger Things
  • Ann Dowd - The Handmaid's Tale
  • Samira Wiley - The Handmaid's Tale
  • Chrissy Metz - This is Us
  • Thandie Newton - Westworld
Melhor ator coadjuvante em série dramática 

INDICADOS:
  • Jonathan Banks - Better Call Saul
  • Michael Kelly - House of Cards
  • John Lithgow - The Crown
  • Mandy Patinkin - Homeland
  • David Harbour - Stranger Things
  • Ron Cephas Jones - This is Us
  • Jeffrey Wright - Westworld
Uzo Aduba segue invicta nas indicações. A Eleven de Stranger Things, Millie Bobbie Brown, parece ser a queridinha da academia. The Handmaid’s Tale emplaca duas indicações (excelentes por sinal). This is us aparece. Mas o destaque fica com Thandie Newton em Westworld. É uma unanimidade entre aqueles que viram a nova carta da HBO.

Thandie MAEVE Newton em Westworld


Quem vai ganhar provavelmente: Milly Bobbie Brown (Stranger Things) 
Quem deveria ganhar: Thandie Newton (Westworld)

O Hopper de Stranger Things, David Harbour


Entre os atores coadjuvantes, boas escolhas. Mas David Harbour deve levar pela boa construção de personagem em Stranger Things e seu oficial Hopper.

Quem vai ganhar provavelmente: David Harbour (Stranger Things)
Quem deveria ganhar: David Harbour (Stranger Things)

Nas categorias de comédia, é bem provável que Veep com máquina de ganhar prêmios Julia Louis-Dreyfus faça a rapa como de costume (e não sem merecer, mas…). Transparent e Jeffrey Tambor podem fazer o mesmo. Pamela Adlon de Better Things merece a indicação como o prêmio de melhor atriz com a melhor performance e estreia de comédia da temporada. Unbreakable Kimmy Schmidt e Master of None também merecem o destaque e a celebração por serem, cada uma seu modo, narrativas cotidianas irresistivelmente divertidas (e densas). Menção especialíssima para Tituss Burgess de Unbreakable Kimmy Schmidt por ser um melhor personagem/coadjuvante em eras.

Deem um prêmio para este homem!



Melhor série cômica 

INDICADOS:
  • Atlanta
  • Black-ish
  • Master of None
  • Modern Family
  • Silicon Valley
  • Unbreakable Kimmy Schmidt
  • Veep
Quem vai ganhar provavelmente: Veep
Quem deveria ganhar: Master of None ou Unbreakable Kimmy Schmidt

Melhor atriz em série cômica 

INDICADOS:

  • Pamela Adlon - Better Things
  • Jane Fonda - Grace & Frankie
  • Allison Janney - Mom
  • Ellie Kemper - Unbreakable Kimmy Schmidt
  • Julia Louis-Dreyfus - Veep
  • Tracee Ellis Ross - Black-ish
  • Lily Tomlin - Grace & Frankie

Quem vai ganhar provavelmente: Julia Louis-Dreyfus (Veep)
Quem deveria ganhar: Pamela Adlon (Better Things)

Melhor ator em série cômica 

INDICADOS:
  • Anthony Anderson - Black-ish
  • Aziz Ansari - Master of None
  • Zach Galifianakis - Baskets
  • Donald Glover - Atlanta
  • William H. Macy - Shameless
  • Jeffrey Tambor - Transparent
Quem vai ganhar provavelmente: Jeffrey Tambor (Transparent)
Quem deveria ganhar: Aziz Ansari (Master of None) 

Melhor atriz coadjuvante em série cômica 

INDICADOS:

  • Leslie Jones - Saturday Night Live
  • Kate McKinnon - Saturday Night Live
  • Vanessa Bayer - Saturday Night Live
  • Kathryn Hahn - Transparent
  • Judith Light - Transparent
  • Anna Chlumsky - Veep

Quem vai ganhar provavelmente: Leslie Jones (SNL) ou Kathryn Hahn (Transparent)
Quem deveria ganhar: Leslie Jones (SNL) ou Kathryn Hahn (Transparent)

Melhor ator coadjuvante em série cômica 

INDICADOS:
  • Louie Anderson - Baskets
  • Ty Burrell - Modern Family
  • Alec Baldwin - Saturday Night Live
  • Tituss Burgess - Unbreakable Kimmy Schmidt
  • Tony Hale - Veep
  • Matt Walsh - Veep
Quem vai ganhar provavelmente: Ty Burrell (Modern Family) ou Alec Baldwin (SNL)
Quem deveria ganhar: Tituss Burgess (Unbreakable Kimmy Schmidt)

O maior destaque da estação não é das séries e sim das minisséries. Big Little Lies, Feud, The Night Of e Black Mirror foram as queridinhas de público e crítica. Sejam antologias ou séries de temporada única, a diversidade e a multiplicidade de narrativas para degustar de colher é grande. No entanto, Big Little Lies (com as excepcionais Nicole Kidman, Reese Whiterspoon e Shailene Woodley que não precisavam, mas se provaram também na TV) e Black Mirror (tá mais do que na hora de honrá-la) são donas dessas categorias pela construção das tramas, a profundidade de personagens e aquele feitiço maroto de fazer o público desejar novas levas de episódios assim que as temporadas acabam.

Name a more iconic trio: Shailene Woodley, Reese Whiterspoon e Nicole Kidman em Big Little Lies



Melhor minissérie 

INDICADOS:
  • Big Little Lies
  • Fargo
  • Feud: Bette and Joan
  • Genius
  • The Night Of
Quem vai ganhar provavelmente: Feud: Bette and Joan ou Big Little Lies
Quem deveria ganhar: Big Little Lies

Melhor filme feito para TV 

INDICADOS:
  • Black Mirror: "San Junipero"
  • Dolly Parton's Christmas of Many Colors: Circle of Love
  • Sherlock: "The Lying Detective"
  • The Immortal Life of Henrietta Lacks
  • The Wizard of Lies
Quem vai ganhar provavelmente: Sherlock: “The Lying Detective”
Quem deveria ganhar: Black Mirror: “San Junipero”

Melhor atriz em minissérie ou filme feito para TV 

INDICADOS:
  • Felicity Huffman - American Crime
  • Nicole Kidman - Big Little Lies
  • Reese Whitherspoon - Big Little Lies
  • Carrie Coon - Fargo
  • Jessica Lange - Feud: Bette and Joan
  • Susan Sarandon - Feud: Bette and Joan
Quem vai ganhar provavelmente: Jessica Lange ou Susan Sarandon (Feud: Bette and Joan)
Quem deveria ganhar: Nicole Kidman ou Reese Whiterspoon (Big Little Lies)

Melhor ator em minissérie ou filme feito para TV 

INDICADOS:
  • Riz Ahmed - The Night Of
  • Benedict Cumberbatch - Sherlock: "The Lying Detective"
  • Robert DeNiro - The Wizard of Lies
  • Ewan McGregor - Big Little Lies
  • Geoffrey Rush - Genius
  • John Turturro - The Night Of
Quem vai ganhar provavelmente: Benedict Cumberbatch (Sherlock - The Lying Detective)
Quem deveria ganhar: Riz Ahmed ou John Torturro (The Night Of)

Melhor atriz coadjuvante em minissérie ou filme feito para TV 

INDICADOS:
  • Regina King - American Crime
  • Shailene Woodley - Big Little Lies
  • Laura Dern - Big Little Lies
  • Judy Davis - Feud
  • Jackie Hoffman - Feud
  • Michelle Pfeiffer - The Wizard of Lies
Quem vai ganhar provavelmente: Regina King (American Crime)
Quem deveria ganhar: Shailene Woodley ou Laura Dern (Big Little Lies)

Melhor ator coadjuvante em minissérie ou filme feito para TV 

INDICADOS:
  • Alexander Skarsgard - Big Little Lies
  • David Thewlis - Fargo
  • Alfred Molina - Feud: Bette and Joan
  • Stanley Tucci - Feud: Bette and Joan
  • Bill Camp - The Night Of
  • Michael Kenneth Williams - The Night Of
Quem vai ganhar provavelmente: Alfred Molina ou Stanley Tucci (Feud: Bette and Joan)
Quem deveria ganhar: Alexander Skarsgard (Big Little Lies)

A festa da TV deve ser isto mesmo: festa. Tantas narrativas, tramas, personagens, atuações, produções, direções e roteiros devem ser celebrados. Há tanto para se ver que a maior angústia contemporânea em breve se tornará dar conta de apreciar o que há de melhor na TV e nas plataformas de streaming. São quase 500 shows anuais para amar, odiar, se apaixonar, esquecer e transformar em pauta para boas companhias, boa comida e boa bebida.


Nenhum comentário:

Postar um comentário