DIY | Bullet Journal - Organizando a vida e a mente

Sabe quando vai chegando o final do semestre e parece que todos os afazeres diários se tornam impossíveis de serem completados? Ou quando você termina o dia e tem a sensação de que ele poderia ter sido mais produtivo,  e que 24 horas do dia são insuficientes para tanta coisa? Ou, quem sabe, aquele momento em que está em pleno período noturno de descanso e se recorda de estudar para alguma prova, realizar algum trabalho e acaba por deixando tudo para última hora?

Se você, assim como eu, tem dificuldade em organizar os afazeres e tarefas do dia-a-dia, talvez a solução seja apostar no método do bullet journal. Este método visa dar um toque manual a uma vida cada vez mais marcada pelo império das tecnologias, além de ser simples, diferente e eficaz para organizar seu cotidiano.

do pouco que sei bullet journal


Mas o que é o bullet journal?
bullet journal consiste em um método de gestão pessoal que foi desenvolvido pelo americano Ryder Carrol com o objetivo de reunir todos os compromissos de cunho pessoal e profissional em apenas um caderno. Esta técnica tem ganhado bastantes adeptos no exterior e passou a ser utilizada por alguns brasileiros há pouco tempo. O lema do criador é que com o BJ possamos “rastrear o passado, organizar o presente e se preparar para o futuro”. Basicamente, o que irá precisar é de um caderno, canetas, imaginação e força de vontade para mudar a rotina conturbada.

do pouco que sei bullet journal


Como fazer um bullet journal?
Basicamente, o que irá precisar é de um caderno (quadriculado, pontilhado ou pautado), canetas, imaginação e força de vontade para mudar a rotina conturbada. Deve-se ter em mente que o BJ irá acompanhá-lo a todo instante, uma vez que é nele que serão anotados todos os compromissos diários. Há ainda um sistema de legendas que deverá ser criado a fim de facilitar a divisão de tarefas já concluídas, adiadas, importantes ou aquelas que foram canceladas.

do pouco que sei bullet journal


Pode-se criar um índice, o qual deverá ser completado simultaneamente com os compromissos e desta forma tornar mais fácil a visualização de tudo que está sendo agendado. A próxima etapa é organizar o BJ em dias, anotando o dia da semana e seu respectivo dia do mês. É neste momento que a imaginação deve saltar da mente e aterrissar no papel. Vale colar gravuras, fazer desenhos, anotar aquela frase interessante, marcar um seriado que gostaria de assistir, fazer uma lista de livros que quer ler, ou para os mais sérios, apenas deixar tudo mais organizado. O importante é que o BJ seja a cara de quem a ele pertence.

do pouco que sei bullet journal


Gostou da dica? Então clica aqui e siga os passos originais e detalhados de como criar o seu próprio bullet journal, conferindo experiências de quem utiliza este método e que teve a vida mais gerenciada depois de adotá-lo.
Infelizmente, o site é inteiramente em inglês. Mas para aqueles que não dominam a língua, clique aqui e veja vídeos em português explicando detalhes do BJ.



Nenhum comentário:

Postar um comentário